Evora

Banco Alimentar de Évora recolheu mais de 40 toneladas de bens alimentares no distrito (c/som)

Regional 05 Dez. 2017

O Banco Alimentar (BA), com a ajuda de cerca de 2.500 voluntários recolheu, na última recolha de bens realizada de 1 a 3 de Dezembro mais de 40 toneladas de alimentos, número que supera as campanhas de anos anteriores.

Em declarações à RC, Francisca Sousa, do Banco Alimentar de Évora, refere que “foram doados quase 41 toneladas de alimentos”, significando isto “um acréscimo em cerca de duas toneladas” em relação à campanha realizada no mesmo período do ano anterior.

De acordo com a responsável, os bens recolhidos “continuam a ser pouco para as nossas necessidades”, acrescentando que os pedidos de ajuda no distrito eborense “têm aumentado”, motivo pelo qual afirma que “é facto que continua a haver muita carência e muitos pedidos de ajuda alimentar”.

O azeite é um dos bens alimentares que “as famílias solicitam muito”, disse a responsável, esclarecendo que qualquer bem alimentar recolhido é “reencaminhados para as instituições parceiras na área de residência das famílias”.

No que diz respeito à solidariedade dos alentejanos, Francisca Sousa diz que “as pessoas sempre foram muito prestáveis”, apresentando a “confiança que têm no Banco Alimentar” como um fator decisivo na hora de dar a que mais necessita.

Para a instituição, “todas as contribuições são igualmente importantes, seja um carrinho cheio de compras ou apenas uma lata de salsichas”, considerando que qualquer ajuda “é apenas um complemento para as famílias mais carenciadas”.

Nesta campanha o BA trabalhou com “quase 2.500 voluntários em todo o distrito”, deixando um agradecimento a quem se disponibilizou para trabalhar na campanha, mesmo “abdicando de um fim-de-semana prolongado”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30