17 Ago. 2022
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Crato

Barragem do Pisão é exemplo positivo no evento anual do Plano de Recuperação e Resiliência!

Regional Escrito por  04 Jul. 2022

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, no passado dia 30 de junho, esteve presente no evento anual do PRR, em Lisboa, e apresentou os traços gerais do projeto de Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Crato, habitualmente conhecido como Barragem do Pisão, bem como as vantagens que este investimento poderá acrescentar ao território.

Conforme nota de imprensa enviada à nossa redação pela CIMAA, a mesma indica o propósito do painel “Estado de Implementação PRR”, o Presidente da Câmara Municipal do Crato, Joaquim Diogo, fez o ponto de situação dos trabalhos desenvolvidos e apresentou o projeto Barragem do Pisão como um bom exemplo do que é a oportunidade de tirar partido das condições geradas pelo PRR para fazer a diferença no território e criar novas oportunidades para as nossas populações.

Joaquim Diogo, na sua intervenção, destacou as várias valências do projeto, desde a garantia de um bom abastecimento de água, à possibilidade de utilizar o espelho de água para a produção energética, assim como o incremento da competitividade que trará às produções agrícolas e agropecuárias da região. Destacou ainda a distinta importância da criação de algumas centenas de novos postos de trabalho, numa região de baixa densidade, o que certamente fará toda a diferença.

A CIMAA - Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, que também se fez representar pelo seu presidente, Hugo Hilário, tem tido, enquanto entidade beneficiária, um papel preponderante na gestão deste projeto, que representa um investimento de cerca 170 milhões de euros para o território. Com a construção da Barragem do Pisão, o Alto Alentejo ficará mais perto de autossuficiência ao nível da produção agroalimentar e de energia, bem como de abastecimento de água.

O empreendimento de fins múltiplos do Crato deixou de ser um desejo de todos os Alto alentejanos para e em breve ser uma realidade. Para isso tão importante tem sido a vontade e a motivação dos 15 Municípios do Distrito e o papel da estrutura técnica da CIMAA, entidade beneficiaria e promotora do projeto, trabalhando diariamente com Estrutura de Missão Recuperar Portugal para a concretização deste projeto, que será por si só transformador de todo o nosso território.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31