16 Jan. 2022
 
De novo às 6
18:00-20:00

Beja

Beja: Ex-tesoureiro de grupo coral desviou 94 mil euros e está acusado de abuso de confiança!

Regional 01 Nov. 2021

O Ministério Público de Beja está a acusar o antigo dirigente do Grupo "Cantores do Desassossego", um grupo coral de Beja,   de um  crime de abuso de confiança.

De acordo coma notícia avançada pelo Lidador Notícias, o anterior tesoureiro da Associação  foi acusado, pelo Ministério Público (MP), de se ter apropriado de 94 686 euros daquela coletividade.

O arguido não pediu a abertura da instrução e começará a ser julgado em fevereiro de 2022.

De acordo com a acusação do MP, o arguido, vai responder por um crime de abuso de confiança agravado, tendo o mesmo sido cometido entre março de 2016 e janeiro de 2020.

O MP sustenta que, durante o período em análise, a instituição teve somente 106 euros de despesas, referentes a livros de cheques e anuidades de um cartão de débito. Todas as despesas restantes “são da responsabilidade do arguido, que, por diversas vezes, deixou a conta com um saldo reduzido ou até negativo”. De acordo com a mesma fonte, o arguido era o único elemento da direção dos Cantadores do Desassossego com acesso à respetiva conta bancária, onde foram depositados, ao longo de anos, receitas das atuações do grupo que ascenderam a 94 mil euros.

O crime pelo qual o arguido vai ser julgado é punível com pena de prisão que pode chegar aos 5 anos.

No processo já está, entretanto, uma declaração de dívida, na qual o arguido  assume o compromisso de devolver o dinheiro desviado.

Fonte: Lidador Notícias

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31