×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

BENCATEL: “A solução é responsabilidade da IP, o mal foi criado por eles antes da alternativa” diz Pres. Da JF de Bencatel

Regional 24 Jan. 2021

Foi encerrada na passada sexta-feira a EN254, que liga Bencatel a Vila Viçosa. Segundo as Infraestruturas de Portugal em causa está a segurança da via devido à proximidade de uma pedreira.

O encerramento desta estrada tem provocado protestos por parte da população de Bencatel que se encontra indignada pelo fato da estrada ter sido encerrada sem que tivesse sido criada uma alternativa e os obriga agora, todos os que tenham que se deslocar à sede de concelho, a percorrer muitos mais quilómetros do que faziam habitualmente.

No passado 22 de janeiro, dezenas de carros e de pessoas, organizaram um buzinão em sinal de protesto e, hoje, voltaram a juntar-se, e a fazer-se ouvir contra o encerramento desta estrada.

A Rádio campanário falou com José Cardoso, presidente da Junta de Freguesia de Bencatel que sobre esta matéria referiu “a indignação é geral e também da parte da Junta de Freguesia” acrescentando que “é meu dever estar presente, quer como Presidente da Junta de Freguesia de Bencatel onde tenho o dever de representar a população, quer em termos de dever pessoal pois também sou prejudicado com a situação.”

José Cardoso avança que “o que está em causa é a forma como a IP preparou todo o processo e o implementou prejudicando de sobremaneira, em termos sociais e económicos, a população de Bencatel.”

O que está aqui em causa “é uma manifestação pública, puramente simbolista, para chamar a atenção dos órgãos de comunicação social a nível nacional para o problema que foi criado, inclusivamente, nos próximos fins de semana, deixando-nos isolados uma vez que com a proibição de circulação entre concelhos, e sendo a EN254 a única que tinha ligação direta à sede de concelho, não temos outra alternativa para lá chegar porque não podemos circular por outros concelhos”, acrescentou.

Quanto a possíveis alternativas que já estejam a seu estudadas, José Cardoso adiantou à RC “oficialmente eu não tenho conhecimento de absolutamente nada” realçando no entanto “Se existem alternativas, elas sempre existiram. Diariamente para nos deslocarmos à sede de concelho para trabalhar, em vez de fazermos 3 kms fazemos 23 kms e isso, numa família que ganhe um ordenado de 650 euros representa um aumento da despesa em transporte de 40 a 50 euros para 200 a 250 euros.”

O Presidente da JF de Bencatel manifestou-se preocupado “com os impatos económicos provocados por esta situação, uma vez que estamos no interior e em tempo de pandemia , pelo que há mais desemprego, há mais dificuldades económicas e nós temos que lutar por todos os que mais necessitam.”

José Cardoso enalteceu a forma ordeira como a população se manifestou acrescentando ”nós somos uma população ordeira, sempre o fomos mas também nos cabe o dever de nos revoltarmos pela forma como as Instituições , principalmente a Infraestruturas de Portugal, no tratou relativamente ao assunto.”

Questionado sobre o que deve agora ser feito e a quem pertence essa responsabilidade, o Presidente da JF de Bencatel disse “ o encontrar uma solução é responsabilidade da IP porque o mal foi criado por eles, antes de criarem uma alternativa.”

Referiu ainda ”não coloco em causa a perigosidade da estrada, até porque a vida das pessoas está em primeiro lugar mas gostava de ver os relatórios nos quais a IP se baseou para tomar esta decisão. Houve muito tempo para estudar uma alternativa e implementá-la o que não está a acontecer”, reiterando que o que se pretende “ é que a IP em conjunto com as autarquias do concelho se sentem e procurem uma alternativa o mais rapidamente possível, para que a população deixe de ser prejudicada.”

José Cardoso refere ainda o impato económico que esta medida terá junto dos empresários da localidade que sofrerão um aumento enorme nos custos associados às exportações das suas cargas pois” em vez de fazem 10 kms como faziam terão agora que percorrer 60 Kms o que vai encarecer de sobremaneira os custos.”

José Cardoso finaliza dizendo “as alternativas podem até vir a ser criadas mas isso não impede o impato que irá ter na população de Bencatel em especial, mas também na população do concelho, nos próximos meses.”

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28