Evora

Centenária associação eborense corre risco de ser despejada de edifício que ocupa há mais de 100 anos

Publicado em Regional 20 outubro, 2018

Fundada em abril de 1849, a centenária Sociedade Harmonia Eborense (SHE) corre o risco de ser despejada do edifício que ocupa há mais de 100 anos, situado no centro histórico de Évora, após o anúncio da intenção de venda do imóvel.

De acordo com o presidente da associação, Pedro Santos, em declarações à agência Lusa, Os donos colocaram o prédio à venda numa imobiliária e avançaram com uma ação em tribunal para tentar evitar que a SHE obtenha o Reconhecimento de Interesse Histórico, Cultural e Local.

No anúncio, pode ler-se que o edifício, “constituído por três pisos, numa área total de 2.049 metros quadrados” e com “enorme potencial de reconversão e versatilidade, nomeadamente na área de hotelaria e restauração”, está à venda por 2,3 milhões de euros.

Segundo o responsável, a intenção de venda surgiu “após o falecimento da mãe dos atuais senhorios”, sem que a associação tivesse sido “informada sobre qualquer possibilidade de não renovação” do contrato de arrendamento.

Enquanto a coletividade cumprir os seus compromissos, “não existe qualquer cláusula que preveja o despejo”, refere Pedro Santo, indicando que as rendas “têm sido sucessivamente atualizadas, nos termos do contrato vigente, e a associação tem cumprido sempre com as suas obrigações”, com a nova lei do arrendamento houve uma atualização “à volta de 550%”, acrescentou..

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30