02 Ago. 2021
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Reguengos de Monsaraz

CEO do Esporão alerta “governantes a pensarem o modelo de desenvolvimento do Alentejo”, para garantir “água para o novo regadio, e para quem já lá está” (c/som

Regional 27 Set. 2019

João Roquette, presidente executivo do Esporão (Reguengos de Monsaraz), falou aos microfones da Campanário, onde apontou a necessidade de ser pensado o modelo de desenvolvimento que está a ser levado a cabo na região, e apela ao contributo de todos para assegurar um bom futuro para o Alentejo.

O dirigente alerta para a necessidade de “os nossos governantes pensarem sobre o modelo de desenvolvimento do Alentejo”, nomeadamente a expansão do regadio, para garantir “que haja água para este regadio todo, […] e que esses projetos não retirem água a quem já lá está”, justificando o investimento público feito na região.

“Modelo de desenvolvimento do Alentejo” poderá “por em risco a atividade de agricultura”
João Roquette

Também “o abastecimento de água às populações” é uma preocupação, uma vez que a “qualidade da água vai baixando” com o aumento da procura do Alqueva, “para dar resposta a estes hectares todos de regadio”, salienta o dirigente da produtora alentejana.

João Roquette apela à consciência das pessoas, para “que exerçam a sua cidadania para que o Alentejo vá na direção certa”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31