29 Nov. 2020
Augusta Serrano
O poder da palavra
10:30-12:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64

CIMAA promove workshop sobre “Igualdade e Anti-discriminação”

CIMAA promove workshop sobre “Igualdade e Anti-discriminação” Foto: Recognize & Change
Regional 20 Out. 2020

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), enquanto entidade promotora do projeto internacional Recognize & Change em Portugal, vai promover no final do mês de outubro um workshop focado na temática da “Igualdade e Anti-Discriminação”.

No âmbito do projeto educativo co-financiado pela Comissão Europeia - DG EuropeAid "Recognize & Change", a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) vai promover no final do mês de outubro o workshop sobre “Igualdade e Anti-discriminação”, uma abordagem focada na Orientação Sexual, Identidade ou Expressão de Género e Características Sexuais, que terá como formador João Pereira, Conselheiro Político do Conselho da Europa.

O workshop tem início no dia 27 de outubro e irá decorrer ao longo do mês de novembro, tendo uma carga horária de 30 horas, ministradas online, em sessões de duas horas, e a participação é gratuita e aberta a toda a população.

Os interessados em participar poderão fazer a sua inscrição através deste formulário: https://forms.gle/QAd2StiesCfuvjaL6

Segundo a Recognize & Change, este workshop abordará conceitos relacionados com Orientação Sexual, Identidade ou Expressão de Género e Características Sexuais, os direitos humanos das pessoas LGBTI, a discriminação e a violência contra as pessoas LGBTI (discriminação estrutural, discurso de ódio, crimes de ódio), e o workshop culminará com um trabalho final focado nesta temática.

O "Recognize & Change" iniciou a sua ação em 2018 e teve a duração de três anos, envolvendo parceiros do Brasil, Bulgária, Cavo Verde, Espanha, França, Grécia, Itália e Roménia, tendo a CIMAA sido a entidade que representa Portugal neste projeto.

O “Recognize & Change” é um projeto desenvolvido no âmbito do DEAR - Educação, Desenvolvimento e Educação, que tem como público-alvo, especificamente, jovens dos 11 a 30 anos, e o seu objetivo é aumentar a consciencialização sobre as diferentes formas de violência e discriminação, particularmente as relacionadas às origens culturais, migratórias e de género, incentivando a participação ativa na divulgação de uma cultura inclusiva e não discriminatória. A educação por pares é aplicada a forma principal para aumentar a consciencialização dos jovens, para promover a aprendizagem mútua.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30