baixo alentejo

CIMBAL reclama mais verbas no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária

Publicado em Regional 02 abril, 2019

A CIMBAL - Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo aderiu ao Programa de Apoio à Redução Tarifária, no ano de 2019, nos termos propostos.

Contudo, atendendo aos objetivos consignados no PART, de combate às externalidades negativas associadas à mobilidade, de ser uma ferramenta de coesão territorial e com um modelo de financiamento que garanta a equidade entre as Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto e o restante território nacional, a CIMBAL entendeu que a distribuição de verba consignada não contribui para o cumprimento desse propósito.

Por esse motivo, com base no estudo “Dotação vs. necessidade de financiamento do Baixo Alentejo”, a entidade elaborou uma exposição ao secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, reclamando um reforço substancial da verba do PART para este território.

Os termos a considerar são a necessidade de redução tarifária e de reforço de oferta. A CIMBAL defende que a redução dos tarifários suportados pela população deverá ter maior incidência no Baixo Alentejo e um impacto positivo no esforço financeiro das famílias, com os transportes. A necessidade de reforço da oferta é sustentada com o argumento que, considerando que a rede de transportes desta sub-região é manifestamente deficitária, importa proceder a um reforço da oferta de forma a satisfazer as necessidades básicas de mobilidade e acessibilidade da população.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31