Imprimir esta página

GNR

Comandante aponta intenção do Comando da GNR de Évora se “reinventar” em 2019 (c/som)

Regional 02 Nov. 2018

O Coronel Joaquim Grenho tomou posse como comandante do Comando Territorial de Évora da GNR, no passado dia 8 de outubro. Encontra-se desde então encarregue de 737 militares e de um território que abrange os 14 concelhos do distrito.

“Tenho aqui um leque de militares prontos a dar o melhor de si em prol desta população”

Em declarações à Campanário, aponta ter encontrado no Comando Territorial de Évora “um leque de militares muito empenhados e prontos para dar o melhor de si em prol desta população”.

O trabalho que tem vindo a ser desenvolvido direciona-se para a proximidade das populações e melhoria da qualidade dos serviços, com destaque para a “prevenção e repressão da criminalidade”.

Para o ano que de 2019, avança a intenção de se “reinventarem ainda mais”, reforçando a proximidade às populações, “nomeadamente com mais mobilidade dos meios e com outras formas de chegar à população”, reorganizando os meios disponíveis.

“Procuramos que a tutela tenha a devida atenção […] para podermos dar as melhores condições possíveis de trabalho aos nossos militares”

Questionado sobre a renovação anunciada de postos da GNR na região, o Coronel Joaquim Grenho aponta a existência de “alguns postos que necessitam de algumas reparações” nos quais têm efeituado a manutenção “possível com os meios” de que dispõem. Foi ainda feita a inscrição das infraestruturas que mais necessitam e de maiores dimensões “no plano de investimento ministral”.