19 Abr. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Compal aposta no sumo de figo da Índia cultivado no Alentejo

Regional 07 Abr. 2021

É do Alentejo que nasce o novo sabor Compal Origens. A aposta é feita no Figo da Piteira, mais conhecido pelo Figo da Índia, uma das 4 frutas de Compal Origens 2021.

Este fruto escolhido, segundo a empresa, “é um sabor único, arrojado, muito aromático e que eleva a fruta portuguesa e o melhor que temos nas nossas regiões”, em especial, no Alentejo.

O Figo da Piteira nasce da Figueira da Índia, podendo ser denominado de Figo da Piteira, Figo da Índia ou até mesmo, Figo do Diabo, devido à sua cor alaranjada e ao seu formato com picos. A região de onde é proveniente é o Alentejo.

Este fruto é apanhado à noite, pois, com o orvalho, os picos do Figo ficam mais macios e mais fáceis de apanhar. De seguida, esta fruta é aproveitada ao máximo, sendo utilizado o fruto, as palmas e a flor, podendo originar fantásticos néctares.

O Figo da Piteira é bastante versátil, podendo ser utilizado de diversas maneiras e sendo um fruto que se reutiliza bastante. As sementes permitem a produção de óleo, as suas flores resultam em infusões, e as palmas são aproveitadas na indústria alimentar e farmacêutica.  O Figo ajuda a regularizar o funcionamento dos intestinos e sistema digestivo, é útil na limpeza da pele e previne problemas de próstata. É da Frutologia que nascem todos estes benefícios.

A este sabor irão juntar-se mais 3 durante 2021, provenientes de 3 origens bem portuguesas.

 
In Planicie.pt
 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30