11 Abr. 2021
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

COVID19

Covid-19. Portugal pode vir a ter uma quarta vaga quando desconfinar

Regional 04 Mar. 2021

Portugal pode enfrentar uma nova vaga de contágios pelo novo coronavírus quando entrar na fase de desconfinamento.

O alerta é deixado pelo epidemiologista Manuel Carmo Gomes que referiu considerar preocupante a maior transmissibilidade das novas variantes do SARS-CoV-2.

Em declarações à Agência Lusa, o cientista afirmou "Portugal não está livre de uma quarta vaga" acrescentando "apesar de as novas infeções estarem todos os dias a diminuir no país, o ritmo é agora "mais lento" e o próprio Rt [índice de transmissibilidade], que está abaixo de 1, "tem estado a subir devagar, o que significa que estamos a reativar o número de contágios".

"Já não estamos a ir na direção do 0 e estamos a tender para um planalto", frisou.

Para o especialista da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a experiência deste ano de pandemia de covid-19 já demonstrou que, "quando começarmos a desconfinar, é inevitável que o número de contágios vá aumentar".

Manuel Carmo Gomes advertiu que, nesta fase, a preocupação é de que os contágios "possam aumentar mais depressa" devido à presença das três novas variantes, tendo em conta que "as mutações fazem com que o vírus se transmita mais".

Para o especialista, a presença da variante detetada no Reino Unido "é uma das razões" que explicam o aumento exponencial de casos em janeiro. Quanto à variante detetada no Brasil, há indícios, ainda por validar pela comunidade científica, de que "há reinfeções na região de Manaus por essa variante, o que é motivo de preocupação" e que "a proteção conferida pela variante mais antiga do vírus é apenas parcial".

Em relação à variante detetada pela primeira vez na África do Sul, advertiu, além da maior transmissibilidade, também pode reinfetar quem já foi atingido.

Já no dia de ontem,  a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses, mesmo com a atual campanha de vacinação em curso.

Graça Freitas adiantou "Uma nova escalada do vírus está em cima da mesa, mesmo com a vacina", reconheceu  numa entrevista à RTP3, sublinhando: "O vírus sofre mutações. Não estamos livres disso, apesar da vacina. E não sabemos quanto tempo vai durar a imunidade, se vai proteger contra novas variantes ou como vai funcionar a imunidade natural".

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30