04 Mar. 2021
 
3 p’rás 5
15:00-17:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Beja

COVID-19: Presidente da Câmara de Beja considera "equilibradas" as novas medidas tomadas pelo Governo

Regional 03 Nov. 2020

O presidente do Município de Beja, Paulo Arsénio, considerou "equilibradas" as novas medidas do Governo para os concelhos com risco elevado de transmissão do vírus da COVID-19 e revelou que vai autorizar a realização de feiras e mercados.

Em declarações à Agência Lusa, Paulo Arsénio afirmou que “são medidas que condicionam um conjunto de movimentos dos cidadãos, mas não estrangulam a atividade económica e, deste ponto de vista, nesta fase da pandemia, parecem equilibradas, nem excessivas, nem demasiado leves".

O autarca refere que encarou "com naturalidade" as medidas e a inclusão do concelho na lista dos 121 concelhos com risco elevado de transmissão do vírus, já que tem quatro surtos ativos, nomeadamente dois em lares, um no hospital e um no Instituto Politécnico de Beja.

"O conjunto destes quatro surtos fez com que o número de casos [de infeção pelo vírus] no concelho tenha disparado nos últimos 14 dias" antes do dia 31 de outubro, vincou.

Segundo Paulo Arsénio, o concelho de Beja registou 95 infeções naquele período, um número acima do limite de 82 a que o município chegou com cálculos feitos tendo por base o critério para inclusão de concelhos na lista e que define como situação de elevada incidência a existência de 240 casos por 100 mil habitantes.

"Vamos ver o resultado", disse, sublinhando que "a evolução da pandemia não depende só destas medidas, mas também de comportamentos equilibrados de cada cidadão", e que a manutenção ou a saída do concelho da lista "depende muito de não voltar a haver novos surtos com as dimensões" dos já registados.

Paulo Arsénio disse que o concelho de Beja "está mais sujeito" a ter surtos e a figurar na lista "do que municípios mais pequenos", porque "é capital de distrito e tem um hospital, que é um sítio propício a que situações de surto sucedam, e 15 lares de idosos".

No sábado, o Governo anunciou que 121 concelhos com risco elevado de transmissão do vírus da covid-19 vão ficar abrangidos por medidas mais restritivas para conter a pandemia, a partir de quarta-feira e pelo menos até ao dia 15 deste mês.

Dever cívico de permanência no domicílio, obrigatoriedade de teletrabalho, sempre que as funções o permitam e salvo impedimento do trabalhador, e fecho de estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços até às 22:00 e dos restaurantes e equipamentos culturais até às 22:30 são algumas das medidas.

Também está proibida a realização de celebrações e outros eventos com mais de cinco pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar, e de feiras e mercados de levante, salvo autorização do presidente do município e caso estejam verificados as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela Direção-Geral da Saúde.

Paulo Arsénio disse que, de acordo com a resolução do Conselho de Ministros que determina as medidas, decidiu autorizar a realização de feiras e mercados previstos até dia 15 deste mês, nomeadamente o mercado retalhista quinzenal, no dia 14, no Parque de Feiras e Exposições de Beja, e o mercado de levante de Santo Amaro, no sábado e no dia 14.

(Fonte: Agência Lusa)

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31