Covid 19: Villanueva del Fresno “efetua controlo muito rigoroso” durante o fim de semana

Regional 10 Jul. 2020

Villanueva del Fresno, um município de Badajoz, que faz fonteira com Reguengos de Monsaraz, está em alerta devido ao surto de Covid 19 vivido neste concelho Alentejano, estando os serviços de saúde da Estremadura Espanhola a acompanhar, de perto, a situação.

Segundo informou já esta tarde o responsável pela Saúde e dos Serviços Sociais da Estremadura espanhola, José María Vergeles, se a análise epidemiológica detetar "algum risco" para a população, e sem invadir as competências de Portugal, poderá ser decidido um isolamento social nesta zona sanitária. Acrescenta no entanto "Mas não creio que neste momento tenhamos de chegar a essa situação".

Esta informação surge depois de, na passada quinta-feira,tal como a Rádio Campanário noticiou, dois municípios espanhóis, Villanueva del Fresno e Valência del Mombuey, terem pedido o encerramento da fronteira com Portugal, por causa do surto vivido em Reguengos.

A este propósito, o responsável da Junta da Estremadura espanhola disse ter compreendido o pedido e a preocupação dos presidentes dos dois municípios da província de Badajoz e recordou que o Governo regional não tem poderes para fechar a fronteira.

No entanto, José María Vergeles informou que os serviços regionais de saúde vão efetuar um controlo "muito rigoroso" durante o fim de semana da situação epidemiológica na zona sanitária de Villanueva del Fresno, que inclui este município e Valencia del Mombuey.

Na mesma conferência de imprensa, o responsável do Governo da Estremadura anunciou que a comunidade autónoma decidiu impor o uso obrigatório da máscara a partir da meia-noite deste sábado, assim como outras regiões espanholas já fizeram, para todas as pessoas com mais de seis anos de idade, independentemente da distância social de segurança ser respeitada e a fim de evitar a transmissão descontrolada da covid-19.

De relembrar que o surto detetado em 18 de junho no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), em Reguengos de Monsaraz, já provocou até ao momento 16 mortos, encontrando-se atualmente, "em resolução", caso não existam novas cadeias de transmissão desconhecidas, conforme refere a autarquia na sua página oficial de Facebook, citando a Autoridade de Saúde Pública.


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31