12 Ago. 2022
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

De olhos postos no céu...outubro traz chuva de estrelas e planetas visíveis a olho nu!

Regional Escrito por  05 Out. 2021

Outubro vai trazer uma chuva de meteoros das Dracónidas e  das Oriónidas.

A informação avançada pelo Observatório Astronómico de Lisboa dá conta que mesta altura do ano, temos as duas chuvas de meteoros das Dracónidas e das Oriónidas. O instante da atividade máxima das Dracónidas é no dia 8 às 18:30 horas, dois dias depois da  Lua Nova e um período de atividade muito curto (Período de Visibilidade de 06/10 a 10/10). As Dracónidas (também chamado Giacobínidas) é uma chuva de meteoros que está associada ao cometa Giacobini-Zinner.

As Oriónidas terão o instante da atividade máxima no dia 21 um dia depois da Lua Cheia e um período de atividade mais alargado (Período de Visibilidade de 02/10 a 07/11). Esta chuva de meteoros resulta dos detritos deixados pelo cometa Halley, que passou a última vez pela Terra em 1986.

Como tanto as Dracónidas como as Oriónidas são chuvas de fraca intensidade, para as observar aconselha-se evitar noites nubladas e a poluição luminosa das grandes cidades, e procurar um horizonte desimpedido.

O nome “Dracónidas” resulta dos traços das suas estrelas cadentes nos parecerem sair dum ponto da constelação do Dragão, assim o radiante da chuva das Dracónidas encontra-se na constelação do Dragão.
O mesmo acontece com o nome da chuva das Oriónidas pois o seu radiante está na constelação de Orionte.

De acordo com o OAL , ainda neste mês, todos os planetas visíveis a olho nu podem ser observados no céu noturno.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31