20 Ago. 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
00:00-04:00

Radio Campanario

Alentejo

Elvas

Deputados socialistas de Portalegre e Santarém recomendam ao Governo o investimento na Linha do Leste

Regional Escrito por  05 Jul. 2022

Os deputados socialistas eleitos pelos círculos de Portalegre e Santarém entregaram na Assembleia da República um projeto de resolução em que recomendam ao Governo que promova o investimento na Linha Ferroviária do Leste, com vista ao aumento da frequência de comboios, o planeamento da eletrificação da linha e o reforço das condições de operacionalização e conforto das carruagens. 

Os parlamentares recordam que “a Linha Ferroviária do Leste, que liga a estação de Abrantes, no distrito de Santarém, à estação de Elvas, atravessando todo o Alto Alentejo, é a única linha de transporte ferroviário de passageiros com ligação transfronteiriça a sul do Tejo”. 

“A recente crise de refugiados ucranianos deixou evidente a importância estratégica desta ligação ferroviária e o papel crescente que pode ter no futuro do país”, referem. 

Assim, “para afirmar a Linha Ferroviária do Leste”, os parlamentares do PS defendem que “é fundamental aumentar a frequência no transporte de passageiros”, com dois horários “ajustados à necessidade das populações”. 

No projeto de resolução, recomendam também ao Governo que “planeie e enquadre a eletrificação da Linha do Leste numa fonte de financiamento adequada”, assim como o reforço das condições de operacionalização da linha “e o conforto do seu material circulante”. 

Os parlamentares pretendem ainda que o Governo “estude, no âmbito da construção do Plano Ferroviário Nacional, soluções que aproximem a estação ferroviária da cidade de Portalegre”. 

Ricardo Pinheiro e Eduardo Alves, eleitos pelo distrito de Portalegre, e Hugo Costa, Alexandra Leitão, Mara Lagriminha, Manuel Afonso e Francisco Dinis, eleitos pelo distrito de Santarém, lembram que “o Governo do PSD/CDS encerrou o transporte de passageiros na Linha do Leste em 2012, deixando o distrito de Portalegre como o único do país sem alternativa de transporte ferroviário”. 

“Em 2017, com o regresso do transporte de passageiros em toda a plenitude da linha, com ligação a Badajoz, foi dado um importante sinal político de coesão territorial e investimento na ferrovia”, assinalam os deputados socialistas, considerando que, “ainda assim, a Linha do Leste precisa de um compromisso de investimento público para se afirmar junto das populações”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31