28 Fev. 2021
Augusta Serrano
O poder da palavra
10:30-12:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Beja

Detetado surto de COVID-19 no lar da aldeia de Salvada (Beja) com 19 infetados

Detetado surto de COVID-19 no lar da aldeia de Salvada (Beja) com 19 infetados Foto: José Coelho/LUSA
Regional 17 Jan. 2021

Há um surto de COVID-19 no lar de idosos da aldeia de Salvada, concelho de Beja, propriedade da Fundação Joaquim Honório Raposo. Neste momento contabilizam-se 19 infetados, 11 utentes e oito funcionários, avança o Jornal de Notícias (JN).

Segundo o JN os funcionários e os familiares dos utentes infetados foram avisados ao início da noite deste sábado, altura em que foram conhecidos os resultados dos testes efetuados na passada quinta-feira.

A Fundação tinha doze utentes, mas na passada segunda-feira, uma mulher de 82 anos faleceu no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, vítima da doença.

A Fundação Joaquim Honório Raposo é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), que foi criada pela Junta de Freguesia de Salvada para cumprir o testamento de um empresário da terra, que deixou diversos bens para a criação do organismo. Por inerência o presidente do Conselho de Administração é o presidente da Junta de Freguesia, Sérgio Engana.

Depois dos lares da Mansão de São José e Centro Paroquial e Social do Salvador, ambos em Beja, com o registo de 16 mortos e mais de 100 infetados, o surto no lar de Salvada é o que regista, neste momento, o maior número de infetados entre utentes e funcionários.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28