Alentejo

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, o Alentejo foi a região em que menos pessoas foram afetadas pela privação material

Regional 17 Out. 2019

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse esta quinta-feira que “a probabilidade de crianças viverem na pobreza extrema é duas vezes maior do que a dos adultos.”

Neste 17 de outubro, as Nações Unidas marcam o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. O tema esse ano é “Atuando em conjunto para empoderar crianças, famílias e comunidades para acabar com a pobreza.”

No Alentejo os dados mais recentes do INE (Instituto Nacional de Estatística) mostram que existem 150 000 pessoas em risco de exclusão social, representando uma taxa de 21.1%, ainda assim abaixo dos números nacionais.

 

 

A região do Alentejo foi aquela em que menos pessoas foram afetadas pela privação material, ou seja, a impossibilidade de acesso a um conjunto de necessidades económicas e bens duráveis, o que constitui também um fator potenciador do risco de exclusão social.

No âmbito do Inquérito às Condições de Vida e Rendimento (EU-SILC), são calculados vários indicadores de privação material, todos baseados na falta de acesso a um conjunto de nove itens por dificuldades económicas, salientando-se a privação material severa, que corresponde às situações em que numa família não existe acesso a pelo menos quatro dos nove itens, por motivos económicos.

 

  1. Sem capacidade para assegurar o pagamento imediato de uma despesa inesperada próxima do valor mensal da linha de pobreza (sem recorrer a empréstimo);
  2. Sem capacidade para pagar uma semana de férias, por ano, fora de casa, suportando a despesa de alojamento e viagem para todos os membros do agregado;
  3. Atraso, motivado por dificuldades económicas, em algum dos pagamentos regulares relativos a rendas, prestações de crédito ou despesas correntes da residência principal, ou outras despesas não relacionadas com a residência principal;
  4. Sem capacidade financeira para ter uma refeição de carne ou de peixe (ou equivalente vegetariano), pelo menos de 2 em 2 dias;
  5. Sem capacidade financeira para manter a casa adequadamente aquecida;
  6. Sem disponibilidade de máquina de lavar roupa por dificuldades económicas;
  7. Sem disponibilidade de televisão a cores por dificuldades económicas;
  8. Sem disponibilidade de telefone fixo ou telemóvel, por dificuldades económicas;
  9.  Sem disponibilidade de automóvel (ligeiro de passageiros ou misto) por dificuldades económicas.

 

O Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza celebra-se a 17 de outubro.

A data foi comemorada oficialmente pela primeira vez em 1992, com o objetivo de alertar a população para a necessidade de defender um direito básico do ser humano.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30