Alentejo

Distritos de Portalegre e Beja ficam com vagas de guardas florestais por ocupar

Regional 05 Dez. 2019

A Guarda Nacional Republicana informou esta quarta feira que 8 distritos ficaram com postos de trabalho de guardas florestais por ocupar, devido à desistência de 44 formandos.

Os distritos de Beja e Portalegre encontram-se nessa lista.

Em causa está o concurso de admissão de 200 guardas florestais da GNR, em que foram recebidas 2.844 candidaturas recebidas, das quais 2.353 foram consideradas válidas a concurso, mas em formação contabilizam-se, neste momento, 156 elementos, dos quais 11 mulheres.

Segundo a Guarda Nacional Republicana, dos 156 guardas florestais em formação, a faixa etária varia entre os 19 e 30 anos, sendo a faixa dos 25 e 26 anos a que tem maior representatividade.

De notar que do total de formandos, 86 possuem formação militar, dos diversos ramos das forças armadas portuguesas.

O distrito de Évora ocupa o segundo lugar na lista dos mais representados em termos de naturalidade dos candidatos, com 15 formandos.

Este concurso, que foi aberto em fevereiro desde ano, destinava-se à contratação de 200 guardas-florestais, mas começaram o curso 164, mantendo-se hoje 156, numa carreira que não admitia qualquer novo elemento desde 2006.

Os guardas florestais foram transferidos para a GNR em 2006 sendo integrados no quadro de pessoal civil da Guarda Nacional Republicana para o reforço da capacidade de vigilância e fiscalização em Portugal.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31