Religiao

“É necessário e possível renovar a Igreja”, diz Arcebispo de Évora em grande entrevista - II Parte (c/som)

Regional 31 Jul. 2019

No programa Ser Igreja emitido pela RC no passado sábado (27 de julho), D. Francisco Senra Coelho, Arcebispo de Évora, fez o balanço do seu primeiro ano de pontificado. Na segunda parte da entrevista (1ª emitida no programa de 21 de julho), o Prelado eborense falou da criação de comissões na Arquidiocese e da necessidade de uma maior proximidade entre a Igreja e os cristãos.

Neste sentido, afirma que a sua presença frequente em festas e romarias permite aos cristãos perceberem “que é uma Igreja de coração aberto na pessoa do Bispo”, enquanto valoriza “o que eles amam”, nomeadamente as suas terras e santos padroeiros.

Neste contacto, o Arcebispo percebeu que há uma necessidade de renovação e humanização da Igreja, que se ocorrer, também os cristãos “estão disponíveis e são capazes de se comprometer”.

“Vivemos momentos por vezes marcados por um fundamentalismo primário no que diz respeito ao laicismo”
D. Francisco Senra Coelho

Sobre a criação da Comissão de Justiça e Paz explica que pretende “proporcionar aos cristãos uma opinião sobre os temas contemporâneos da sociedade”, enquanto a Comissão de Proteção de Menores “surge para criar uma cultura de segurança”, avançando que desde que está na função não teve “nenhum contacto de denúncia relacionada com a insegurança de menores na vida das nossas comunidades”.

Sobre o baixo número de alunos a frequentarem a disciplina de Educação Moral Religiosa e Católica, aponta que a média é superior a nacional, sendo de 32,67%, perante 28,19% nacionais. A disciplina, surge como a “única presença da Igreja nas escolas”, sendo que no próximo ano letivo passará a integrar a oferta formativa dos cursos profissionais.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29