"É prioritário fixar recursos humanos no Hospital de Beja", diz Bejense presidente da Direção da A. E. da Faculdade de Medicina de Lisboa

"É prioritário fixar recursos humanos no Hospital de Beja", diz Bejense presidente da Direção da A. E. da Faculdade de Medicina de Lisboa https://diariodoalentejo.pt
Regional 26 Jan. 2022

A afirmação é de João Francisco Martins, em entrevista ao "Diário do Alentejo".

O João tem 22 anos, é natural de Beja e atualmente está no 5º ano de Medicina, na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL). É o atual presidente da Direção da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa (Aefml) e Membro do Senado da Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM)

Na entrevista que deu ao Jornal "Diário do Alentejo", o jovem falou da presidência da Aefml e seu desempenho neste mandato, assim como das suas aspirações enquanto médico.

Como jovem bejense, e falando dos cuidados de saúde no concelho de Beja, disse que " (...) o escasso investimento na saúde cria falhas no acesso e na qualidade dos serviços prestados. Em Beja, esta realidade está bem presente, sendo agravada por fatores próprios de um concelho do interior. Neste contexto, destaco dois eixos de ação que vejo como prioritários: fixar recursos humanos e potenciar o Hospital José Joaquim Fernandes como um hospital distrital mais abrangente nas suas especialidades e nos seus procedimentos médicos. Gostaria, ainda assim, de terminar com uma nota positiva: estima-se que no final de 2022 o hospital passe a dispor de um equipamento de ressonância magnética e que, em 2023, seja inaugurado, em Beja, o Hospital Privado do Alentejo. Que estas oportunidades sejam pontapés de saída para uma valorização da saúde, na região."

Pode ler toda a entrevista em "diariodoalentejo.pt".

Foto - diariodoalentejo.pt

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31