Evora

“É um compromisso por parte do Primeiro Ministro e do Governo, que esta construção vai avançar”, diz Carlos Pinto de Sá sobre Hospital Central de Évora (c/som)

Publicado em Regional 11 janeiro, 2019

Hoje durante a apresentação do projeto de financiamento para o novo Hospital Central de Évora, que entrará em funcionamento até ao ano de 2023, o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá disse á Rádio Campanário “De facto sou um homem feliz, o que assistimos aqui foi um compromisso por parte do Sr. Primeiro Ministro e do Governo, que esta construção essencial ao país vai avançar. Existe calendário, existem fontes de financiamento, temos aqui uma certeza que não vão haver pedras no caminho deste projeto”.

No entanto o edil de Évora refere que “uma coisa é o anúncio outra coisa é a capacidade para concretizar, e eu julgo que temos de criar essa capacidade para concretizar, ainda existem problemas a ultrapassar, ainda não estão ultrapassados os problemas relativos ás infraestruturas, a alguns terrenos, mas estão criadas as condições para se ultrapassarem”.

Hospital Central do Alentejo vai ter "serviços novos que presentemente só são prestados em Lisboa”

 

Carlos Pinto de Sá diz que o novo hospital irá “servir para o bem de todo o Alentejo, vamos ter aqui serviços novos que presentemente só são prestados em Lisboa”.

O autarca rejeita que se possa estar perante um “falso alarme”, tal como aconteceu em 2012, referindo que ““existe um compromisso de que este aviso no âmbito do Portugal 2020 já está aberto e vai ser utilizado e que o concurso internacional vai ser lançado este ano, desde que esse concurso internacional esteja lançado eu julgo que estaremos perante uma situação irreversível (…) temos de continuar a batalhar para que não se dê como adquirido algo que ainda não está”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30