05 Jun. 2020
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Em entrevista à RC Arcebispo de Évora diz que esta será a “Páscoa mais vivida de sempre”. Saiba o programa da Semana Santa e Tríduo Pascal (c/som)

Regional 02 Abr. 2020

Este ano as celebrações da Semana Santa e do Tríduo Pascal serão “sempre na Igreja de São Francisco”, refere D. Francisco José Senra Coelho. As celebrações serão transmitidas em direto no Facebook e presididas pelo Arcebispo de Évora.

A Semana Santa inicia-se no Domingo de Ramos, 5 de abril, onde serão simbolicamente benzidos alguns ramos. “A bênção chega espiritualmente ao contacto de todas as pessoas que assim o desejem, ficarão com os ramos abençoados em sua casa e teremos a leitura da Paixão do Senhor”. 

Na quinta-feira Santa, 9 de abril, será transmitida às 18h30 a Missa da Ceia do Senhor e não “vamos fazer o Lava-pés para que não haja contacto físico. Faremos toda a Eucaristia da Ceia do Senhor e haverá momento de Adoração ao Santíssimo”. Não se celebrará Missa Crismal, propondo o Senhor Arcebispo que esta seja celebrada na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e Jornada Mundial de Oração pelos Sacerdotes a 19 de junho. 

Sexta-feira Santa, 10 de abril, contará com três momentos. O primeiro será às 10h com a oração de Laudes transmitida da Capela da Casa Arquiepiscopal de Évora. 

Às 15h, hora da Morte do Senhor, na Igreja de São Francisco será a “celebração da Paixão do Senhor com a leitura da Paixão feita por mim e por dois sacerdotes. Será feita a Veneração da Cruz e cada um, em sua casa, pode espiritualmente fazer uma reflexão à Cruz de Cristo”, refere o Arcebispo. Aponta ainda que as pessoas apesar de não terem acesso à hóstia fisicamente podem tê-lo de forma espiritual no “seu coração e unir-se ao Senhor”. Também nesta celebração dá a sugestão de ter um cruxifixo perto acendedo-lhe uma vela e no final “beijarmos esse Cristo ou pôr a mão do lado do coração no sentido de querermos que Ele nos salve”. 

Ainda na sexta-feira Santa haverá às 21 horas a transmissão do vídeo da Procissão do Enterro do Senhor realizada na cidade de Évora no Ano Pastoral 2018/2019. “É uma forma de as pessoas que sentem o vazio naquela hora poderem recordar”.

“Sábado Santo é o sábado do grande silêncio”, refere D. Francisco. Este dia 11 de abril, iniciar-se-á com oração das Laudes às 10h na Capela da Casa Arquiepiscopal de Évora. Depois, às 21h será a Vigília Pascal. Este ano a Vigília será “sem batismos”. No entanto, como explica o Arcebispo haverá “o momento do fogo da luz, com o canto do Precónio, ouviremos as leituras próprias da Vigília e faremos a renovação das promessas batismais. Poderia ser interessante cada família ter o raminho benzido num recipiente com água e no momento da renovação das promessas batismais aspergimos com essa água, que é a água de Deus e simboliza Vida”.

No Domingo de Páscoa, 12 de abril, haverá transmissão da Eucaristia às 11h30 e no final, como a RC já havia noticiado, o Arcebispo subirá ao ponto mais alto do terraço da Igreja de São Francisco onde dará a Bênção do Santíssimo Sacramento à cidade de Évora e a toda a Arquidiocese.

Sugere ainda que neste dia as famílias coloquem flores a brotar do Cristo Ressuscitado “para dizer que brotou a vida da morte”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30