Portalegre

Em Portalegre houve aves mortas durante a apanha nocturna de azeitona

Publicado em Regional 18 fevereiro, 2019

A apanha de azeitona durante a noite também vitimou aves, algumas de espécies protegidas, no Alentejo.

Durante os meses de dezembro e janeiro, vários locais no Alentejo foram alvo de patrulhamento por parte do Sepna da GNR. Nestas patrulhas verificaram-se situações “que resultaram na morte de aves”, durante a apanha mecânica noturna de azeitona no distrito de Portalegre. Foram detetadas várias infracções que justificaram a elaboração de diversos autos de notícia “por danos contra a natureza” que já foram enviados para o Ministério Público de Fronteira junto do Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre.

Estas ações policiais confirmam o que até agora não tinha sido admitido pelo setor olivícola baseado na produção superintensiva de azeitona, nem pelo Ministério do Ambiente. A 22 de janeiro, o deputado do PAN, André Silva questionou o ministro do ambiente, João Matos Fernandes, com os impactos desta atividade na sobrevivência das aves. O deputado pelo PAN apela ainda para que se restrinja a apanha de azeitona durante a noite.

O ministro diz que não tem informação sobre as mortes de aves relacionadas com a apanha mecânica de azeitona, no entanto comprometeu-se a propor medidas para minimizar os impactos negativos desta atividade.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31