×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Ferreira do Alentejo

Emissões poluentes levam CCDR Alentejo a pedir suspensão de fábrica em Ferreira do Alentejo (c/som)

Regional 06 Jun. 2018

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-A) pediu, esta terça-feira (5 de junho), ao Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e Inovação (IAPMEI) que suspenda a atividade da fábrica de secagem de bagaço de azeitona, em Fortes, concelho de Ferreira do Alentejo.

De acordo com Jorge Pulido Valente, vice-presidente da CCDR Alentejo, o pedido de suspensão prende-se com “a ultrapassagem dos valores limite de emissão, recentemente, e também com a armazenagem não apropriada do bagaço que vai ser depois seco”.

No âmbito da fiscalização e acompanhamento da unidade e face aos resultados apresentados recentemente à CCDR, entidade reguladora, a unidade detida pela empresa AZPO – Azeites de Portugal foi “objeto de processos de contraordenação”, sustentando ainda que esta atividade tem “uma vertente de incómodo e impacte nas populações”.

Quanto ao processo, segue agora os trémitos normais e aguarda a “decisão do IAPMEI”, entidade reguladora do licenciamento, em que ouvirá o que a empresa “tem a dizer sobre o assunto” para, daí, “se puderem aplicar as medidas que dai resultarem”, acrescentou.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31