Alentejo

Empresa que recebeu funcionários oriundos do Alentejo mostra-se disponível para integrar os imigrantes marroquinos que deram à costa Portuguesa

Regional 14 Dez. 2019

A empresa do concelho de Baião, VIALSIL, que opera no ramo da construção e conservação de obras públicas, há cerca de seis meses, contratou sete cidadãos de nacionalidade indiana e um vietnamita para a empresa. Os funcionários em questão são oriundos do Alentejo, do concelho de Marco de Canaveses e de outros países da Europa.

A empresa fez estas contratações devido às dificuldades em recrutar mão-de-obra portuguesa, algo que foi provocado pela emigração.

Foram procurados imigrantes desempregados ou a trabalhar na agricultura em trabalhos bastante sazonais, estes a que lhes foi cedida habitação durante 6 meses e receberam dinheiro adiantado para alimentação. Estes trabalhadores estão também a ter aulas de português para melhorar a sua integração.

A VIALSIL já se mostrou disponível para acolher os imigrantes marroquinos que deram à costa na praia de Monte Gordo, em Vila Real de Santo António, no Algarve, caso o estado sempre aceite recebê-los. O interesse em acolher estes imigrantes já foi formalizado em um pedido que foi oficializado na tarde desta quinta-feira junto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.  

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31