18 maio 2022
 
Terço
19:30-20:00

Alentejo Litoral

Entidade Nacional para Mercado de Combustíveis nega “sondagem” na costa alentejana

Regional 29 Set. 2017

A Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC) negou esta semana, na sequência do comunicado enviado às redações por ambientalistas, que tenham ocorrido “trabalhos de sondagem com vista à prospeção de petróleo” na costa alentejana.

Em reação às afirmações dos ambientalistas da Climáximo e Alentejo Litoral pelo Ambiente (ALA) na passada quarta-feira, dia 27 de Setembro, a ENMC indica, também em comunicado, que “tal notícia não corresponde à verdade”.

No documento, pode ler-se que “não existe, nem está autorizada a realização de quaisquer trabalhos de sondagens de pesquisa de petróleo na Bacia Alentejo 'offshore'”, acrescentando ainda que o plano de trabalhos anual para esta bacia “previa a existência de uma sondagem no segundo trimestre do corrente ano, entre Março e Abril, com duração de cerca de 60 dias”, mas que se trata de “uma etapa que a concessionária não cumpriu”.

É ainda relembrado que “qualquer ato, ou tentativa, de levar a efeito uma sondagem nas águas nacionais com vista à prospeção de petróleo sem as devidas autorizações (...) é sempre reportado de um ato ilegal”, pode ler-se no documento assinado pelo presidente do Conselho de Administração, Filipe Meirinho.

Recorde-se que na passada quarta-feira, 27 de Setembro, os ambientalistas da Climáximo e ALA “exigiram” ao Governo um “esclarecimento” sobre um navio, “Vos Purpose”, que aparece na documentação online “registada como estando a fazer sondagem 'offshore' saindo de Sines na direção de Aljezur”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31