29 Jul. 2021
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

COVID19

Especialista diz que, a vacina da AstraZeneca, deve deixar de ser administrada.

Regional 13 Jun. 2021

Marco Cavaleri, responsável pela estratégia de vacinação na Agência Europeia do Medicamento (EMA), afirma que seria melhor deixar de ser administrada a vacina, da AstraZeneca, contra a covid-19, enquanto houver alternativas disponíveis.

Da mesma forma, o responsável aconselhou a administrar a vacina da Johnson&Johnson apenas a pessoas com mais de 60 anos, apesar de esta apresentar menos problemas do que a AstraZeneca, afirma o responsável.

Apesar destas terem sido aprovadas por esta Agência Reguladora, houve relatos de coágulos sanguíneos, o que motivou as declarações de Marco.

No sábado, a Itália restringiu a utilização da vacina AstraZeneca a pessoas maiores de 60 anos, alegando o aumento dos riscos para a saúde dos mais jovens.

Marco afirmou que “os incidentes têm sido muito raros e ocorreram após a primeira dose. É verdade que há menos dados sobre a segunda dose, mas no Reino Unido está a correr bem [o programa de vacinação]. Nos jovens, o risco de adoecer diminui, e a mensagem para eles pode ser a de usar preferencialmente vacinas de RNA mensageiro (Moderna, Pfizer), mas a escolha é de cada Estado", acrescentou, em entrevista à tvi24.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31