Alqueva

Estrelas do Alqueva recebem Ricardo Carriço para concerto intimista (c/som)

Regional 29 Mar. 2018

No próximo dia 31 de março, o Observatório do Lago do Alqueva, em Monsaraz, vai assinalar a mudança do horário das sessões diárias, que durante o verão passarão a ocorrer às 21h30m, com um concerto de Ricardo Carriço, que servirá também para comemorar o Domingo de Páscoa. Leonel Godinho, diretor do Observatório, em declarações à RC assinala que sendo a tradição pascal no Alentejo “secular”, decidiram “juntarmo-nos a ela, criando um enquadramento ligado àquilo que são as nossas atividades”, sendo “com esse espírito que pretendemos comemorar a Páscoa, criando momentos musicalmente interessantes”.

Em digressão com o seu projeto musical a solo "o Meu Mundo", Ricardo Carriço vai ao Alqueva apresentar um concerto acústico, naquilo que será “um espetáculo mais intimista, com dois elementos extraordinários, que é o Armindo Neves na guitarra acústica e o David Zacarias no violoncelo, e depois vai ser também acompanhado pelo Francisco Lima na precursão e pelo João Mascarenhas nas teclas, que já fazem os dois parte do projeto inicial”.

Sobre a oportunidade de concretizar este espetáculo diferente do habitual, o músico e ator Ricardo Carriço, neste momento em gravações da nova novela da SIC, “Vidas Opostas” e da longa metragem “Linhas de Sangue”, explica que “no fundo foi um reencontro com todos estes músicos e eu, como não gosto de ideias fechadas e prefiro ouvir a opinião dos outros e acho que tudo deve ir ao laboratório, quando aconteceu esta hipótese de transformarmos este projeto numa versão acústica eu deixei muito à liberdade dos músicos”, acrescentando que “foi deixar a coisa fluir”.

Na noite do Domingo de Páscoa, os fãs das estrelas que se dirigirem ao Observatório do Lago do Alqueva, podem esperar “um concerto muitíssimo intimista, mas com uma empatia e uma química muito grande, sobretudo em cima do palco”, promete o artista. Realçando que, independentemente das previsões meteorológicas, “do mundo exterior”, o seu “mundo interior é um mundo com energia, com riso, com felicidade, com boa disposição e com empatia e com química para com as outras pessoas”. Havendo uma “partilha de dois mundos”.

Segundo o diretor do Observatório, Leonel Godinho, neste concerto será explorado um conceito inovador de “música astronómica, ou seja, é música com imagens e time-lapse de todos os objetos que nós conseguimos ver no céu, como galáxias, constelações, nebulosas, estrelas”, proporcionando “um momento em que, além de desfrutarmos de boa música, vamos também aprender sobre aquilo que está por cima de nós, aquilo que está no nosso céu”. Nesta iniciativa, onde são esperadas “cerca de 200 pessoas”, haverá oportunidade para “falar de física”, bem como “das imagens extraordinárias que nós conseguimos ver aqui no Alentejo, que realmente é uma zona muito boa para fazermos observações do céu”, explicou.

Leonel Godinho explica que neste evento se pretende um ambiente “mais intimista”, onde são esperadas cerca de 200 pessoas, que complementará as atividades programadas durante todo dia, onde “no espaço do observatório vai haver piqueniques” ou “tendas de campismo”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30