28 Jun. 2022
Augusta Serrano
Ecos da Planura
09:00-11:00

Estremoz

Estremoz integra novo projeto no distrito de Évora que vai transformar as cascas do lixo em solidariedade

Regional 26 Nov. 2021

“Ser solidário vai passar a ser ridiculamente fácil” - este é um dos lemas do novo projeto intitulado Missão Cascas Solidárias, desenvolvido pela Gesamb em parceria com 12 municípios do distrito de Évora, confirme nota de imprensa enviada à nossa redação.
A ideia principal é fomentar o espírito de comunidade e entreajuda, com vista à promoção de uma sociedade mais igualitária e sustentável. Este projeto pioneiro na região tem no seu âmago incentivar as populações locais e organizações a adotarem hábitos de reciclagem do lixo orgânico que produzem, ao mesmo tempo, que contribuem para ajudar localmente quem mais precisa. Tudo passa pela reciclagem das cascas das frutas, legumes, talos, folhas (excluindo proteína animal e óleos alimentares). Ao fazê-lo, todos os habitantes dos 12 concelhos abrangidos do distrito de Évora, sem exceção, estão a contribuir para angariar apoios para ajudar crianças e adultos com deficiência e necessidades especiais. O processo é simples: à quantidade de resíduos orgânicos que os cidadãos vão passar a separar e a depositar – nos equipamentos domésticos e comunitários distribuídos e instalados no distrito de Évora, no âmbito deste projeto – será atribuído um valor que, posteriormente, irá ser convertido em apoio monetário às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) com presença local e/ou regional. Estas IPSS deverão ter como principal foco da sua atuação, a prestação de cuidados a pessoas com deficiência. Em Estremoz a instituição sorteada foi a CerciEstremoz - Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados.
De ressalvar que o valor monetário entregue à CerciEstremoz será calculado em função da quantidade de resíduos orgânicos desviados de aterro e em função do número de equipamentos domésticos e comunitários entregues. A equação é simples: quanto mais pessoas aderirem à prática da compostagem, mais significativo será o apoio prestado às instituições selecionadas.
A Missão Cascas Solidárias já começou, com uma ação porta a porta realizada por um técnico que irá informar, sensibilizar e oferecer compostores domésticos à população que desejar aderir. Ao longo dos próximos meses, nos 12 municípios da área de intervenção da Gesamb, serão instaladas 28 infraestruturas dedicadas (compostores comunitários) e distribuídos 4500 equipamentos domésticos junto das populações (compostores domésticos). 
Este projeto estará ‘na rua’ até agosto de 2022e, durante este período, pretende-se arreigar hábitos de reciclagem de cascas e sobras de alimentos provenientes do lixo orgânico, criar novos hábitos de consumo, continuar a fomentar a consciência ambiental e motivar os habitantes abrangidos pela Missão Cascas Solidárias na adoção de comportamentos proativas de cariz inclusivo e social, com implicação direta na comunidade onde vive. 
Nunca foi tão fácil ser solidário! Requisite o seu compostor em re-planta.pt.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30