16 novembro, 2018
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Evora

Estudo da Universidade de Évora revela que 3 em cada 4 professores já sofreram assédio moral

Publicado em Regional 14 agosto, 2018

75% (1504) dos professores inquiridos num estudo do Centro de Investigação em Educação e Psicologia, da Universidade de Évora sobre mobbing (assédio moral no trabalho), afirmou já ter sido vítima de pelo menos uma situação de assédio moral ou psicológico em contexto laboral.

Os inquiridos ministram aulas do ensino pré-escolar ao superior, destacando-se os professores do ensino superior.

Para o estudo, o investigador considerou como definição, situações de “violência psicológica extrema, sistemática e recorrente, durante um tempo prolongado, para destruir as redes de comunicação da vítima, a sua reputação e perturbar o seu trabalho”.

Cerca de metade dos inquiridos aponta a direção do estabelecimento de ensino como a origem da agressão e 37% aponta os alunos e encarregados de educação.

De salientar ainda que em 34% dos casos é referido um colega em particular, e em 28% vários colegas.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30