Imprimir esta página

Évora acolhe workshop “Propagação vegetativa de Cynara cardunculus”, promovido pela CEBAL

Regional 27 Nov. 2021

Na próxima segunda-feira, dia 29 de novembro, pelas 14h30, o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) irá realizar o workshop “Propagação vegetativa de Cynara cardunculus”, em formato presencial, em Évora.

“A sessão, dedicada à valorização do cardo, um recurso endógeno bem-adaptado ao território e uma cultura com um futuro rentável e sustentável, abordará as diferentes técnicas e materiais de propagação das plantas desta espécie. A ação será constituída por uma componente teórica seguida de uma componente prática de campo, de forma a proporcionar um conhecimento da realidade produtiva deste recurso” refere o CEBAL.

A mesma fonte, lembra que “o cardo é um recurso endógeno cuja flor é utilizada na produção de queijos, mas que o conhecimento atual evidencia a multifuncionalidade desta planta, não só no fabrico do queijo, mas também como fonte de bioingredientes de interesse para as indústrias alimentar e farmacêutica, bem como fonte de biomassa para diferentes aplicações industriais. Nesta perspetiva, a propagação de plantas de interesse é extremamente relevante para a valorização económica do cardo, garantindo a diferenciação e estabilidade produtiva”.

O workshop terá uma sessão teórica e uma prática em contexto de campo. A sessão teórica ficará à responsabilidade da investigadora Liliana Marum do CEBAL, que irá falar de diferentes técnicas e materiais de propagação vegetativa, com uma análise detalhada do cardo. A sessão prática de campo será conduzida pela equipa do projeto CynaraTeC, permitindo a todos os participantes a manipulação direta do material vegetal, com possibilidade de obtenção e plantação de mudas de cardo.

A sessão decorrerá em Évora, no Polo da Mitra da Universidade de Évora
e pretende chegar a produtores agrícolas, bem como a todos os agentes económicos interessados na valorização deste recurso endógeno.
As inscrições são gratuitas, mas limitadas a 10 participantes, e estarão abertas até ao dia 28 de novembro através do formulário: https://bit.ly/3ngZMqg.

C/ https://radiocastrense.pt/


A iniciativa está inserida no projeto de transferência de tecnologia – CynaraTeC, financiado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo – Alentejo 2020, um projeto de transferência de conhecimento e tecnologia que pretende unir a investigação científica a diferentes setores
industriais no apoio à valorização do Cardo.