Evora

“Évora é uma cidade quase deserta”, afirma Presidente do Município

Regional 19 Mar. 2020

Carlos Pinto de Sá, Presidente da Câmara Municipal de Évora, afirmou hoje à RC que já há vários dias se tem vindo a notar uma diminuição significativa no fluxo turístico na cidade.

O Presidente do Município refere que “o dia de hoje é apenas uma sequência daquilo que tem acontecido em termos de quebra turística e da atividade económica na cidade”.

O autarca aponta Évora como uma cidade “quase deserta onde se tem procurado manter as funções essenciais. As atividades que podem funcionar e que são compatíveis com esta situação estão a funcionar, mas com todas as preocupações que temos. A quebra turística é drástica e muito acentuada”.

Carlos Pinto de Sá apela a todos para a compreensão da situação que se está a viver. Deixa o agradecimento a todos os particulares e empresas que têm apresentado “um conjunto de disponibilidades e ajudas. Deixo uma mensagem de esperança e confiança porque vamos ultrapassar a situação com a colaboração de todos”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31