03 Dez. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-23:00

Monsaraz

Évora Hotel cria Rota Monsaraz-Alqueva . Conheça-a aqui!

Regional 08 Jul. 2021

De forma a complementar a oferta para os seus hóspedes, o Évora Hotel, uma das principais unidades hoteleiras de 4 estrelas do Alentejo, criou a rota Monsaraz-Alqueva, um guia especialmente desenhado para dar a conhecer os principais pontos turísticos, atividades, tradições e gastronomia da região.  Este roteiro é entregue gratuitamente aos visitantes do hotel e serve de guia para desfrutar de um dia completo de lazer e diversão, com vários pontos de passagem e atividades entre Monsaraz e Alqueva.

Em nota enviada à nossa redação o Évora hotel refere que, num percurso de 130 km, a Rota Monsaraz-Alqueva reúne os principais pontos turísticos a visitar, partilha histórias e curiosidades locais e sugere a realização de atividades únicas da região. Uma viagem no tempo em Monsaraz, um passeio verde com mergulho na barragem do Alqueva, visita à fábrica de lanifícios, à capital ibérica da olaria e os melhores sítios para experimentar a verdadeira gastronomia alentejana são algumas das sugestões que fazem parte da Rota Monsaraz-Alqueva.

Este guia detalha todas as informações da viagem, tal como o tempo do percurso e os quilómetros a realizar entre cada local, sugerindo ainda as visitas mais relevantes, curiosidades e atividades, assim como os melhores sítios para apreciar a tão conhecida gastronomia típica alentejana. A ‘Rota Monsaraz-Alqueva’ pretende aproximar os clientes do Évora hotel aos melhores locais, turísticos, culturais e gastronómicos da vasta região do Alentejo.

A “Rota Monsaraz-Alqueva” tem a primeira paragem em Reguengos de Monsaraz. É aqui que se pode visitar a Igreja Matriz de Santo António, datada do final do século XIX, um dos maiores símbolos da arquitetura neogótica em Portugal. É também nesta paragem que o Évora Hotel recomenda experimentar o típico bolo rançoso e bolo podre.

​A Fábrica Alentejana de Lanifícios é também uma das atrações da cidade. Os seus tapetes alentejanos fazem parte da cultura de Reguengos e a fábrica contam já com uma medalha de ouro para o melhor design e melhor qualidade, obtida na Exposição Universal de Bruxelas.

Esta rota tem passagem por São Pedro do Corval é a capital ibérica da Olaria e onde é possível conhecer os Mestres da tradição oleira do Alentejo.

Aqui, o Évora Hotel sugere conhecer a cerâmica da família Patalim, uma empresa familiar que tem vindo a passar este engenho, de geração em geração e cujo dono, filho do fundador, é oleiro desde os cinco anos. A pausa para almoço pode ser feita na Adega do Cachete, um espaço com decoração típica da região e uma ementa com diversos pratos alentejanos.

O roteiro prossegue para Monsaraz, para se viver uma viagem no tempo entre portas medievais, ruas labirínticas, o chão em xisto e onde se respira a tranquilidade já esquecida pelos tempos modernos.

No património de Monsaraz destacam-se o Castelo e a Torre de Menagem medievais. Imperativa é também a visita à Igreja da Misericórdia, construída no século XVI, a Casa da Inquisição ou a Casa da Cultura que ocupa a antiga Igreja de Santiago, existente desde o século XIII.

A paisagem de Monsaraz é inesquecível, com o verde do Alentejo e o azul do Alqueva e onde, segundo o ditado popular: “em noite escura, quem olha para Monsaraz facilmente confunde a vila com um barco ancorado no céu”. É também em Monsaraz que se poderá encontrar artesanato típico da região, em várias lojas recomendadas incluídas no roteiro do Évora Hotel.

Ao descer o monto da vila de Monsaraz encontra-se o cais de acesso ao Alqueva, maior lago artificial da Europa e cuja orla costeira da barragem, tem uma extensão bastante superior a todo o comprimento de Portugal Continental. Aqui é possível fazer um passeio rústico de barco, observando a fauna e a flora, guiado por uma equipa especializada que partilha todos os detalhes das espécies que ali habitam: andorinhas, gaivotas, abutres e até o porco preto, que deambula por aquelas planícies de Montado Alentejanas. Durante o passeio, são ainda servidos snacks, bolachinhas e sumos, um reforço de energia para seguir viagem.

O mergulho no Alqueva é um dos pontos altos desta paragem, altamente recomendado pelo Évora Hotel e que deve ser devidamente recordado pela recolha de fotografias do momento.

O roteiro sugere finalmente o jantar no restaurante Adega Velha em Mourão, com a sua imperdível Perdiz à Adega Velha. Já à noite, no Observatório do Lago Alqueva, é possível presenciar a chuva de estrelas Perseidas, um dos eventos astronómicos mais marcantes durante o verão. Os telescópios ficam montados até de madrugada para observar outros astros e aprender mais sobre as Perseidas e o Universo.

O Évora Hotel cria assim mais uma atratitivade dando resposta aos Packs especiais de Verão em Grande para toda a família que lançou.

No ano passado, o Évora Hotel recebeu o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal, sendo reconhecido pela correta implementação de todas as medidas de segurança recomendadas pela DGS. Anteriormente, esta entidade hoteleira recebeu em 2018 a certificação em Sustentabilidade da Biosphere, a entidade mais reconhecida em termos mundiais ao nível do Turismo, e que estabelece a sua avaliação de acordo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o acordo de Paris relativo às mudanças climáticas.

O Évora Hotel tem sido igualmente galardoado nas mais diversas áreas, desde a Gastronomia (Confraria Gastronómica do Alentejo; Festival de Gastronomia), ao Turismo (Prémio Turismo do Alentejo e Ribatejo – Distinção Iniciativa 2018) e ao Alojamento (prémio Mais Dormidas 2019, Revista “Mais Alentejo”).

Ana Rocha

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31