Imprimir esta página

Evora

Évora já tem metade dos postos de vigia acionados 24h por dia (c/som)

Publicado em Regional 09 maio, 2018

Este ano, a rede de vigilância primária dos postos de vigia contra incêndios começou uma semana mais cedo e termina cinco semanas mais tarde, passando a estar ativa 24h por dia desde 7 de maio até 6 de novembro.  Em declarações à Rádio Campanário, o Chefe da Secção do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA) do Comando Territorial da GNR de Évora, Capitão Pedro Gomes, explicou que além dos dois postos já acionados, o distrito manterá o mesmo número de postos do ano anterior.

Para já, foram acionados os postos da “ Sra. da Esperança, no concelho de Viana do Alentejo, em Alcáçovas”, assim como “o posto de vigia da Serra D’Ossa, em Estremoz”, que como habitualmente “estes dois eram sempre os primeiros postos que iniciavam atividade”, explica o Capitão Pedro Gomes.

O Chefe da Secção do SEPNA do Comando Territorial da GNR de Évora, explicou ainda que “a 1 de julho vamos iniciar com o posto da torre de vigia do Godeal” em Montemor-o-Novo e “com a torre de vigia de Portel”, que estarão a funcionar até 15 de outubro.

Estes postos “estão a funcionar 24h”, contando com “elementos civis contratos pela GNR” que “vão trabalhar por turnos, para conseguirmos garantir que haja a máxima eficácia das pessoas que lá estão”, tendo por isso recebido formação para levar acabo o trabalho de “vigia e identificação de possíveis focos de incêndio”, no sentido de “comunicar para as forças que estão no terreno” que irão “direcionar os meios de combate para o local”, esclarece o Capitão Pedro Gomes.

A nível nacional a Rede Nacional de Postos de Vigia conta com 72 postos na rede primária e 230 postos na rede secundária, contando para isso com 288 vigilantes mais 920, respetivamente.