Imprimir esta página

Evora

Évora poderá ter taxa turística sobre dormidas em 2019

Regional 09 Nov. 2018

A Câmara Municipal de Évora considera a aplicação de uma taxa sobre as dormidas de turistas nos alojamentos e unidades hoteleiras do concelho para o ano de 2019. A medida está a ser estudada pela autarquia, e entrará em vigor no próximo ano, caso assim se justifique.

Segundo adiantou à comunicação social o presidente do Município, Carlos Pinto de Sá, o turismo tem impactos, que não considera justo serem integralmente suportados pelos residentes.

Inicialmente, a autarquia estudará a eficácia e utilidade da aplicação desta taxa, seguindo-se uma discussão entre os órgãos autárquicos e os operadores turísticos.

O autarca aponta que apesar de todos os benefícios económicos e de atratividade para a cidade advindos do turismo, existem consequências negativas às quais a taxa daria resposta, nomeadamente o desgaste do património e o aumento dos resíduos sólidos urbanos, permitindo ainda diversificar a animação social-cultural.

Carlos Pinto de Sá afirma que “os turistas compreendem” a aplicação desta medida que já existe em “todas as grandes cidades turísticas”, uma vez que esta melhora as condições oferecidas não só aos turistas como aos residentes.