Imprimir esta página

Evora

Évora: Prisão preventiva para suspeito de fogo posto

Regional 25 Jun. 2021

O homem, de 25 anos, detido em flagrante delito pela PSP na quarta-feira em Évora, por suspeitas de fogo posto, ficou  em prisão preventiva.

O DIAP de Évora, em comunicado publicado na sua página de Internet, refere "no dia 23 de junho de 2021, foi detido pela Polícia de Segurança Pública de Évora, em situação de flagrante delito, um indivíduo do sexo masculino de 25 anos de idade, por suspeita da prática de dois crimes de incêndio florestal, ocorridos naquele dia."

No mesmo comunicado pode ainda ler-se "no momento da detenção foram apreendidos ao arguido caixas de acendalhas, lenços e guardanapos de papel e isqueiros, material que terá utilizado para deflagrar dois incêndios, ambos na periferia da cidade de Évora. Incêndios que consumiram vegetação e que tinham potencialidade para atingir pessoas, animais, habitações e infraestruturas."

Presente hoje, dia 24 de junho de 2021, a primeiro interrogatório judicial e, na sequência de promoção do Ministério Público, o Juiz de Instrução decidiu aplicar ao arguido a medida de coação de prisão preventiva, por entender verificarem-se, em concreto, os perigos de continuação da atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade públicas.

O inquérito prosseguirá os seus termos na 1ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Évora.