Imprimir esta página

Grandola

Ex-sócio de Trump e Ralph Lauren querem investir 100 milhões no alentejano Pinheirinho

Regional 13 Jul. 2019

 Novo Banco terá já recebido, pelo menos, três propostas de compra do empreendimento imobiliário e turístico do Pinheirinho, localizado em Melides, concelho de Grândola, uma das quais, no valor de 100 milhões de euros, é subscrita por Ricardo Bellino, ex-sócio de Donald Trump no Brasil, e a empresa de artigos de luxo Ralph Lauren, Segundo notícia do Negócios .pt
 
"O empresário brasileiro Ricardo Bellino, em parceria com o grupo Ralph Lauren, quer transformar a Herdade do Pinheirinho, no concelho de Grândola, numa espécie de Hamptons - o retiro de luxo junto à praia onde os milionários de Nova Iorque gostam de passar o fim de semana e as férias", avança a revista na sua edição online.
 
Segunda a mesma publicação, a ideia de Bellino e Ralph Lauren para a Herdade do Pinheirinho "é aproveitar o estatuto do estilista americano para promover um estilo de vida ultraseletivo, com atividades sociais e desportivas ligadas ao golfe, aos cavalos e à cultura, capazes de seduzir a nata da sociedade portuguesa e a elite estrangeira que por cá anda", detalha.
 
"Não queremos criar uma Disneylândia Ralph Lauren, com produtos da marca por todo o lado, até porque o nosso público-alvo não iria gostar", esclareceu Ricardo Bellino, em declarações á Visão.
 
"O que desejamos é quebrar a sazonalidade da região com iniciativas ao longo de todo o ano, e aí o Ralph Lauren será importante para captar os torneios de golfe e de pólo ou trazer exposições, por exemplo a da sua conhecida coleção de automóveis antigos", sinalizou o empresário brasileiro, manifestando-se convicto de que sairá vencedor do concurso com esta oferta, que estimar ser "30% acima do valor de mercado".
 
Situada entre as praias da Comporta e da Galé, a Herdade do Pinheirinho, um ativo de 200 hectares, foi herdado pelo Novo Banco em 2017, por dação em cumprimento de crédito concedido pelo antigo Banco Espírito Santo (BES).