Alentejo

EXCLUSIVO: “2019 será o ano em que todo o fibrocimento será retirado das escolas de Vila Viçosa e restante Alentejo", diz Dra. Manuela Faria (c/som)

Publicado em Regional 11 janeiro, 2019

Durante o Painel/Debate, “A estrada conta histórias, nem todas tem um final feliz. Queremos que as histórias da estrada tenham um final feliz”, que decorreu esta sexta feira (11 janeiro) no auditório da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEST), a Dra. Manuela Faria (Diretora Geral dos Estabelecimentos Escolares) analisou o estado das escolas no Alentejo.

A Diretora Geral dos Estabelecimentos Escolares abordou ainda, a esta emissora, o diferendo entre o Agrupamento de Escolas de Vila Viçosa e a Parque Escolar, bem como a problemática do amianto existente nas escolas do Alentejo.

Sobre o diferendo, Manuela Faria, referiu que “a parque escolar está a fazer todos os possíveis no sentido de ir ao encontro das questões levantadas pelo agrupamento de Vila Viçosa, temos também a delegação regional do Alentejo a acompanhar o caso”. A Dra. Manuela Faria deixou a garantia que o processo de remoção do amianto das escolas “está a evoluir favoravelmente, apesar de ter havido uma grande contenção nos anos da troika, mas foi levada a efeito uma melhoria”. “Temos alguma expetativa que 2019 será o ano em que todo o fibrocimento será retirado das escolas do Alentejo”. A diretora geral dos estabelecimentos escolares diz que “vários casos estão sinalizados, inclusivamente com prioridades na referida sinalização, ainda tenho a expetativa que em 2019 será possível retirar todo o fibrocimento”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31