Exército e Marinha vão patrulhar distritos de Beja e Portalegre para “minimizar risco de incêndio”

Exército e Marinha vão patrulhar distritos de Beja e Portalegre para “minimizar risco de incêndio” Foto: M80
Regional 16 Jul. 2020

O Exército e a Marinha vão mobilizar, até sexta-feira, 126 militares, distribuídos por 14 distritos, para ajudar a “minimizar o risco de incêndios” em Portugal, anunciou o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Os 126 militares vão fazer ações de patrulhamento em 14 distritos de Portugal continental, a pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), “por forma a minimizar o risco de incêndios florestais”, segundo um comunicado do EMGFA.

As ações, entre as 10h00 e as 20h00 dos três dias, vão decorrer nos distritos de Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Faro, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu.

Na terça-feira, a secretária de Estado da Administração Interna alertou para "um cenário meteorológico muito complicado" nos próximos dias, com um potencial de ocorrências de incêndios florestais "difíceis de gerir" e que se podem tornar "quase catastróficos".

"Hoje, o que podemos dizer é que vamos enfrentar dias de enorme complexidade e de risco de incêndio muito elevado", disse aos jornalistas Patrícia Gaspar, no final da reunião do Centro de Coordenação Operacional Nacional, na Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), onde foi analisado o que se passou nas últimos dias e o risco previsto até à próxima sexta-feira.

Segundo a governante, esta semana vão ocorrer ventos fortes e velocidades de propagação de incêndios "muito acima da média".

 

Fonte: Lusa

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31