Estremoz

Existem alguns desafios “na classe de praças” e “no encargo operacional”, mas “estamos com a moral elevada” no RC3, diz Comandante (c/som)

Publicado em Regional 19 setembro, 2019

A cerimónia militar do 312º aniversário do Regimento de Cavalaria 3, decorreu na manhã desta quinta-feira (19 de setembro), em Estremoz. A cerimónia foi presidida pelo Inspetor Geral do Exército e Diretor Honorário, Major-General Luís Nunes da Fonseca e contou com a presença de vários autarcas, e representantes de entidades militares e civis da região.

Em declarações a esta estação emissora presente na cerimónia, Coronel Jorge Pedro, Comandante do RC3, afirma que “é um dia de festa” e que “existe motivação no regimento, apesar de as condições não serem as ideais”.

“Atualmente estamos com a moral elevada e é um orgulho ser o comandante destes homens e destas mulheres”
Coronel Jorge Pedro

Relativamente aos desafios do RC3, afirma que “são essencialmente o encargo operacional” e o seu aprontamento, apontando ainda “algum constrangimento na classe de praças (soldados e cabos)”.

Refere a necessidade “aquisição de equipamentos” para a nova unidade que é ligada às informações, sendo depois necessário o “tomar de conhecimento por parte dos militares para operarem esses equipamentos, e tornarem-se uma nova capacidade no exército”. Para esta nova unidade, que “é mais a nível de graduados”, os existentes são suficientes.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31