Serpa

“Existem condições há mais de 4 anos e a obra do novo posto da GNR em Serpa ainda não aconteceu”, diz Tomé Pires (c/som)

Regional 26 Fev. 2019

Após a publicação em Diário da República, no final de 2018, a autorização para a realização de um procedimento aquisitivo, com vista à realização de uma empreitada de remodelação e ampliação de edifício para o Posto Territorial de Serpa da GNR, a Rádio Campanário procurou saber o estado da empreitada junto do autarca de Serpa, Tomé Pires.

O autarca refere que “não se trata de uma responsabilidade do município, é uma responsabilidade do ministério da administração interna”.

Tomé Pires, explica que “o município tem 3 edifícios cedidos ao ministério da administração interna, um onde funciona o atual posto da GNR, um onde será eventualmente o futuro posto e outro que garante as condições para os efetivos que cá estão, uma vez que o atual posto não tem condições para tal”.

O edil refere ainda que “existe um contacto direto entre nós e o ministério da administração interna, por vezes sai mais uma portaria, mas de concreto não existe nada”.

Quando questionado pela Campanário sobre o ponto de situação, Tomé Pires diz que “vamos esperar que se inicie a obra, e que seja o quanto antes, mas o dado principal que devemos reter neste momento, é que estão reunidas todas as condições para que se inicie a obra do novo posto da GNR em Serpa, condições que existem há mais de 4 anos e a obra ainda não aconteceu”.     

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30