Alandroal

Fadista José Fialho apresenta “Alma Sentida” na Casa do Alentejo em Lisboa este sábado

Publicado em Regional 11 abril, 2019

O fadista e poeta alandroalense José Fialho, irá apresentar o seu novo trabalho “Alma Sentida”, este sábado, dia 13 de abril, na casa do Alentejo em Lisboa. Este lançamento vai contar com várias individualidades da área política, social e da cultura portuguesa.

Conforme já tinha revelado aos microfones da Rádio Campanário, o autor refere que este álbum, com 12 temas, “reúne uma série de poemas, de fados tradicionais” e “é um esforço de continuidade do primeiro trabalho”, denominado “Vivências”.

O artista, natural de Terena, dedica “Alma Sentida” a Marcelo Rebelo de Sousa, atual Presidente da República, e a Augusta Serrano, diretora da Rádio Campanário, como “forma de mostrar o meu reconhecimento por duas pessoas que me impressionaram extraordinariamente pela sua postura”, declara.

“Alma Sentida” será apresentado em Lisboa, numa cerimónia que contará com a presença do seu padrinho de fado, Augusto Ramos e da sua afilhada de fado, assim como de amigos das Vozes do Fado de Sousel, entre outras personalidades, culminando num jantar comemorativo.

Este é o segundo álbum de José Alexandre Fialho Nogueira, que nasceu em Terena, concelho do Alandroal, a 2 de fevereiro de 1947. Licenciado em História pela Universidade de Lisboa, o fadista possui também uma larga experiência como docente, tendo lecionado em várias escolas e externatos nacionais. Foi orientador pedagógico na Escola Secundária Josefa de Óbidos, no Externato Valssassina, e monitor do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Em julho de 1997 ficou viúvo, tendo-se retirado formalmente do Ensino. Voltou então ao Alentejo e às terras que o viram nascer e crescer, Terena e Vila Viçosa. No seu recolhimento, encontrou inspiração para publicar 2 livros, primeiro “Sentimentos” (2012) e posteriormente lançou “A Todos Os Tempos Pertenço” (2015), onde é coautor com Virgínia Costa. Em ambas a publicação José Fialho mostra alguma da sua poesia, que navega entre sentimentos e experiências de vida.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31