Foi atropelado mais um lince-ibérico no Baixo Alentejo

Publicado em Regional 08 maio, 2018

Segundo informações do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), foi atropelado mais um lince-ibérico, no passado dia 2 de maio, desta vez na EN 122, que liga Beja a Mértola, perto do Parque Nacional do Vale do Guadiana. Este foi o terceiro atropelamento de exemplares de lince-ibérico libertados no Guadiana, estando a taxa de sobrevivência na reintrodução do projeto Life+ Iberlince em Portugal estimada em 70%.

Apesar de ainda ter sido sujeito a operação cirúrgica no mesmo dia, o animal, com pouco mais de um ano, acabou por não sobreviver. O lince, Olmo, como foi batizado no Centro de Cría de Lince Ibérico Granadilla, foi encontrado na faixa de rodagem por Pedro Simões, residente e proprietário de um restaurante em Mértola, que de imediato deu sinal da ocorrência ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPMA), da GNR, e permaneceu junto ao animal.

A equipa do ICNF, com o apoio do SEPNA, capturou o animal transportando-o para o Centro de Cirurgia Veterinária de Loures. Olmo tinha sido libertado perto de Mértola há pouco mais de dois meses, em 15 de fevereiro de 2018, durante o reforço do processo da reintrodução da espécie, no âmbito do Projeto “Recuperação da Distribuição Histórica do Lince Ibérico em Espanha e Portugal".

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31