Evora

“Foi dado um passo irreversível para um sonho com muitos anos”, diz Ministro sobre construção do Hospital Central do Alentejo (c/som)

Publicado em Regional 19 agosto, 2019

Foi lançado no passado dia 14 de agosto, o concurso público para a empreitada de Construção do Novo Hospital Central do Alentejo. Em declarações a esta estação emissora, Luís Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, afirma que é “um grande passo” para a região, resultando de um projeto pelo qual várias pessoas, o próprio inclusive, “se debateram muitos anos”.

A empreitada traduz-se num “investimento de grande envergadura”, que ascende aos 150 milhões de euros (+IVA), “para uma obra que demorará entre 3 e 4 anos a concluir”.

Para o Alentejo, a unidade hospitalar “representa um salto qualitativo impressionante em termos de saúde”, disponibilizando com proximidade, “praticamente todas as valências que existem em Lisboa, Coimbra ou Porto”, permitindo assim “desanuviar os hospitais de Lisboa”.

“Vai permitir aos alentejanos ter um grande hospital central com uma grande proximidade”
Luís Capoulas Santos

O governante destaca ainda que o Hospital Central do Alentejo “irá trazer não só mais profissionais, gente mais qualificada”.

O lançamento do concurso público “é um grande passo que é dado” no sentido da sua construção, “um passo irreversível para um sonho […] que parecia impossível de concretizar pelos seus custos elevados”, mas que foi concretizado como prometido pelo Governo. “O segundo passo será o equipamento humano que é tão relevante quanto o da construção civil”, conclui.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30