Beja

Força Aérea propõe mudança de esquadra do Montijo para Beja

Publicado em Regional 15 maio, 2018

A Força Aérea Portuguesa entregou já duas propostas ao Ministro da Defesa para mudar as esquadras do Montijo para Sintra e Beja, na sequência da construção do novo aeroporto, estando ainda a aguardar resposta do gabinete de Azeredo Lopes. Segundo é noticiado pelo Diário de Notícias, na segunda proposta prevê-se a manutenção de alguns meios no Montijo, a transferência de duas esquadras para Sintra e a movimentação de uma esquadra para a base de Beja,.

No primeiro estudo era proposta a transferência de todos os meios aéreos militares da base do Montijo, mas neste segundo admite-se a hipótese de manter na mesma posição os C-130 e a futura frota KC390, os aviões de transporte da Embraer, avança o DN. Pelo que será necessário resolver com a ANA o problema do desnivelamento das pistas, pois, no projeto da ANA, a pista principal (a 1/19) prevê um desnível que pode chegar ao metro em meio, em relação ao restante pavimento, causando assim constrangimentos operacionais para a compatibilização militar e civil nas pistas da base, detetados logo no primeiro estudo.

Nesta segunda proposta, a esquadrilha dos helicópteros da Marinha, os Linx Mk95, que asseguram o transporte, reconhecimento, busca e salvamento, e a esquadra dos "Pumas" EH-101, irão para Sintra. Já a base de Beja receberá a esquadra 502, os "Elefantes", que abrangem as aeronaves preparadas para vigilância, evacuações médicas e igualmente busca e salvamento.

Esta readaptação do dispositivo da Força Aérea terá um custo estimado de 107 milhões de euros, menos 47 milhões de euros do que o orçamento da primeira proposta e estará incluída na nova reestruturação da capacidade para o combate aos incêndios, que o governo quer iniciar em 2019.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30