Reguengos de Monsaraz

Fórum Oceano certificou Estação Náutica de Monsaraz

Regional 28 Fev. 2020

A Estação Náutica de Monsaraz foi uma das duas certificadas ontem pela Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, juntamente com a de Cabeceiras de Basto. A Fórum Oceano é uma associação para o desenvolvimento do cluster do mar que lançou o projeto que promove, desenvolve e certifica as Estações Náuticas em Portugal, no âmbito do regulamento da FEDETON – European Federation of Nautical Tourism Destinations, entidade gestora da rede internacional das estações náuticas.

As estações náuticas são constituídas por uma rede de oferta turística náutica organizada a partir da valorização dos recursos náuticos do território, incluindo alojamentos, restauração, atividades náuticas e outros serviços que contribuam para a atração de turistas e que gerem valor e emprego nas suas regiões. Para além destas atividades, organizam também iniciativas culturais, desportivas (incluindo o desporto escolar) e de hábitos saudáveis, criando experiências diversificadas que permitam prolongar o tempo médio de estadia e o combate à sazonalidade.

A autarquia implementou o Centro Náutico de Monsaraz e a praia fluvial de Monsaraz que se constituíram como fatores importantes para o desenvolvimento do turismo no concelho e organiza há 10 anos uma prova do campeonato nacional de windsurf e do circuito nacional de swimrun. Com a Estação Náutica de Monsaraz, pretende-se aumentar o reconhecimento e a notoriedade destas infraestruturas, das empresas ligadas ao setor do turismo e do Grande Lago Alqueva.

Para a dinamização da estação náutica, a autarquia quer desenvolver uma agenda náutica com animações náuticas ao longo do ano, promover a oferta de serviços e infraestruturas que permitam a prática de modalidades adaptadas e a hospitalidade de visitantes com necessidades específicas e definir uma política de envolvimento e acesso das populações locais de todas as idades às atividades náuticas, desde o desporto escolar à competição. A estação náutica deverá implementar mecanismos para medir a satisfação do visitante e aumentar a qualidade da oferta turística, mas também, em conjunto com os parceiros e em concertação com o Turismo do Alentejo, estruturar a oferta náutica no concelho e as atividades para divulgação no site da rede de Estações Náuticas Portuguesas.

Na quarta-feira, dia 26 de fevereiro, o Município de Reguengos de Monsaraz assinou um protocolo com 24 parceiros, nomeadamente a Associação Bandeira Azul da Europa, Agência Portuguesa do Ambiente, Turismo do Alentejo - ERT, Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz, EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva, Associação Dark Sky, Junta de Freguesia de Monsaraz, Coral - Associação de Nadadores Salvadores de Reguengos de Monsaraz, Instituto Nacional para a Reabilitação, Alqueva Cruzeiros, Casa Alqueive, Bombeiros Voluntários de Reguengos de Monsaraz, Casinha do Sol Posto, Sossego da Carminho, Charme de Monsaraz, Difunde Glamour, Tiago Kalisvaart, Casa Tia Anica, Monte das Matas, Casa da Aldeia,  Monte dos Cismeiros, Rui Madeira, Cebola Fishing e TA Hotelaria e Turismo.

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, considera que “a Estação Náutica de Monsaraz vai constituir-se como mais um fator de desenvolvimento do turismo no concelho. Quero agradecer a todos os parceiros que contribuíram para que esta candidatura fosse aprovada e que vão continuar a ter um papel muito importante no Conselho Náutico e na dinamização deste destino turístico com produtos e serviços de excelente qualidade”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31