Imprimir esta página

Evora

Frasco de soro fisiológico vendido em Évora continha ou não álcool gel no interior? Veja a resposta!

Regional 08 Dez. 2021

A situação foi denunciada por uma Educadora de Infãncia de Évora que, através das suas redes sociais, deu conta que "comprei um frasco de soro selado da marca Pingo Doce para  fazer a lavagem nasal á minha filha que se encontrava constipada e após ter colocado uma boa quantidade numa das narinas da minha filha, ela reagiu com choro, o que é normal quando efetuamos este procedimento."

A denunciante acrescentou á data "o que não foi normal, foi o cheiro que senti a álcool que vinha do frasco. Coloquei um pouco na minha mão e reparei que era um líquido viscoso e com um cheiro forte. A minha filha em segundos apresentava uma grande sensação de desconforto e os olhos todos vermelhos.Como estávamos com dúvidas relativamente à substância que continha, colocámos um pouco da mesma num feixe de lenha e com a chama de um isqueiro conseguimos perceber facilmente que era inflamável.Dirigimo-nos ao Pingo Doce, onde expusemos a situação e nos disseram que o que continha o frasco era semelhante ao álcool gel."

A Educadora de Infãncia acabou por enviar a substância  para análise e apresentou uma queixa.

De acordo com o Polígrafo da SIC, e contactada a respetiva cadeia de supermercados, a mesma indica que “teve conhecimento da situação após ter recebido duas embalagens de soro de uma cliente, ambas abertas, contendo uma soro fisiológico e outra álcool gel” acrescentando "solicitámos a análise de todos os lotes colocados no mercado durante o ano de 2020 e 2021, não tendo sido detetada qualquer irregularidade."

Ainda assim, a cadeia de supermercados, por precaução, "retirou todos os lotes de venda e está a acompanhar a situação de perto."

O Polígrafo classificou a situação como: Verdadeira.

Fonte: Polígrafo SIC