21 Jan. 2022
 

Alcacer do Sal

GNR detém 3 homens pelo furto de pinhas mansas em Alcácer do Sal

Regional 30 Nov. 2021

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Alcácer do Sal, no dia 28 de novembro, deteve três homens, com idades compreendidas entre os 20 e os 27 anos, por furto de pinhas mansas, Pinus pinea, na localidade de Alcácer do Sal.

No decorrer de uma ação de patrulhamento, os militares da Guarda, detetaram três homens que estariam a apanhar pinhas mansas. Após a abordagem, verificaram que os suspeitos não eram os proprietários do terreno, facto que levou à sua detenção. Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de contraordenação por colheita fora do período legal e a apreensão das referidas pinhas de pinheiro-manso.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Grândola.

A GNR relembra que o pinheiro-manso (Pinus pinea) é uma espécie florestal com um crescente interesse económico, cuja importância do comércio externo de pinha e de pinhão tem contribuído para a promoção de importantes dinâmicas económicas à escala regional, uma vez que o pinhão produzido em Portugal é de todos o mais valorizado pelas suas características nutricionais.

No entanto, a colheita de pinhas de pinheiro-manso é proibida entre 1 de abril e 1 de dezembro e, ainda que esteja caída no chão, a sua apanha está interditada por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31