Sines

Governo aguarda estudo económico-financeiro para expandir Porto de Sines

Regional 25 Jan. 2018

A expansão do atual terminal de contentores de Sines está dependente do envio de elementos, por parte da empresa PSA de Singapura, concessionária do terminal, para o Estado português poder analisar devidamente o processo e avançar com o projeto de expansão.

De acordo com as declarações da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, “a PSA ainda não apresentou ao Governo os elementos todos e que são essenciais e incontornáveis para podermos fazer uma avaliação adequada de todo o projeto de investimento”, revelou ao Jornal Económico.

A ministra diz ainda que “não se pode negociar um projeto de investimento desta envergadura com base em desejos ou estados de espírito”, acrescentando que o Governo “precisa de ter acesso ao modelo financeiro, aos estudos de procura, aos estudos de viabilidade económico-financeira e aos estudos de exequibilidade física do aumento das plataformas”, exemplificou.

Segundo Ana Paula Vitorino, os elementos que o Governo está a aguardar são “o estudo de procura, o estudo de viabilidade económico-financeira”, algo que, sem os documentos, atrasa o calendário de investimento avaliado em cerca de 140 milhões de euros de investimento privado e da Administração Pública.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31