Elvas

Governo autoriza investimento para reinserção de toxicodependentes em Elvas

Regional 28 Mar. 2019

O Governo autorizou o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências a assumir um encargo plurianual até ao montante de 300 mil euros, referente à atribuição de financiamento público ao abrigo do Programa de Respostas Integradas em Elvas. 

Segundo o despacho publicado esta quinta-feira, 28 de março, o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências vai “proceder à atribuição de financiamento público a pessoas coletivas privadas sem fins lucrativos” para efetuar uma intervenção de “reinserção”.  

Mais, define o documento que o SICAD está autorizado a assumir um encargo plurianual até ao montante de 300.000,00 euros num compromisso plurianual, no qual define o valor de 97 mil euros como limite de encargo a ter no ano de 2019, 90 mil euros nos anos de 2020 e 2021, 75 mil euros em 2022 e até 7,5 mil euros em 2023. 

Os Programas de Respostas Integradas são planos de intervenção específico que integra respostas interdisciplinares e multisectoriais, com alguns ou todos os tipos de intervenção (prevenção, dissuasão, redução de riscos e minimização de danos, tratamento e reinserção) e que decorre dos resultados do diagnóstico de um território identificado como prioritário. 

Neste caso, a intervenção destina-se a efetuar a inserção social de indivíduos com problemas de uso e abuso de substâncias psicoativas, que geralmente são processos lentos e sinuosos e exigem intervenções globais e sistémicas. 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29